Rede dos Conselhos de Medicina
GDF suspende portaria que autorizava enfermeiros a receitar remédios na rede pública

Medida foi tomada uma semana após Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal pedir revogação da norma 

O CRM-DF preconiza que a Secretaria de Saúde do Distrito Federal contrate médicos suficientes para a atenção básica e de urgência, não é atribuindo ao enfermeiro funções privativas dos médicos, que os problemas da saúde pública serão solucionados.

A portaria era contrária ao Ato Médico e podia colocar os pacientes em risco. Para prescrever medicamentos ou solicitar exames é necessária uma investigação clínica feita por um médico especialista.

Caso a portaria volte a vigorar, o conselho entrará com uma ação judicial.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner