Rede dos Conselhos de Medicina
CRM-DF disponibiliza pesquisa para notificar médicos contaminados com a Covid-19 e suas condições de trabalho
Ter, 19 de Maio de 2020 20:00

Preocupado com as condições de trabalho oferecidas aos médicos durante o combate à Covid-19, o CRM-DF lançou na noite desta terça-feira (19) uma pesquisa no site da autarquia para notificar os médicos que já foram ou estão contaminados pelo novo coronavírus (SARS CoV-2). A análise também tem como objetivo saber o fluxo da distribuição dos equipamentos de proteção individual (EPIs). 

Para participar, os médicos infectados com vírus devem preencher o formulário neste link. 

A falta desses equipamentos, medicamentos, material de higienização e recursos humanos estão entre os principais problemas enfrentados pelos profissionais que trabalham nas unidades de saúde do Distrito Federal.

As informações fazem parte de um levantamento feito após o lançamento de uma plataforma online exclusiva aos médicos com inscrição nos Conselhos Regionais de Medicina (CRMs). Desde o lançamento da ferramenta, entre 30 de março e 6 de maio, 65 médicos denunciaram através da plataforma, durante o período analisado. Os maiores números de denúncias ocorreram no Plano Piloto- 25, seguido pelo Gama- 11, Paranoá- 10 e Taguatinga-6. A plataforma encontra-se disponível no site do CRM-DF. 

Confira no quadro abaixo a lista de cidades segundo UF das instituições denunciadas:

DISTRITO FEDERAL

 N°

 %

Brasília

25

38,5

Brazlândia

1

1,5

Ceilândia

3

4,6

Gama

11

16,9

Guará

2

3,1

Paranoá

10

15,4

Planaltina

3

4,6

Riacho Fundo

1

1,5

Santa Maria

1

1,5

Sobradinho

2

3,1

Taguatinga

6

9,2

Total

65

100,0

Atualmente, pelo menos 511 profissionais de saúde, entre médicos, enfermeiros e técnicos de enfermagem, foram diagnosticados com Covid-19 nesta terça-feira (19), segundo os dados da Secretaria de Saúde do Distrito Federal (SES-DF).

O CRM-DF reforça aos médicos que relatem a falta do Equipamentos de Proteção Individual em seu local de trabalho. Com mais esse passo na luta contra a Covid-19, não só os médicos serão beneficiados, mas também os demais profissionais das unidades, os pacientes e a sociedade em geral.

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner