Rede dos Conselhos de Medicina
Uso de plataformas comerciais para prescrição eletrônica pode comprometer o sigilo de informações pessoais
Sex, 14 de Agosto de 2020 18:20

O Conselho Regional de Medicina do Distrito Federal (CRM-DF) alerta que o uso de plataformas comerciais, para a prescrição de medicamentos por meio de receita digital, pode não ser seguro, por não observar as normas éticas vigentes, com o possível direcionamento das prescrições para determinadas indústrias farmacêuticas.

O Conselho orienta para que os pacientes não alimentem possíveis bancos de dados dessas plataformas comerciais, para resguardar o sigilo de informações pessoais, inclusive a fim de evitar fraudes e irregularidades.

O CRM-DF ainda recomenda fortemente que os médicos utilizem os formulários disponibilizados pelo Conselho Federal de Medicina (CFM) e a plataforma desenvolvida pelo Instituto Nacional de Tecnologia da Informação (ITI), órgão ligado à Casa Civil da Presidência da República, em parceria com o CFM e o Conselho Federal de Farmácia (CFF), em razão de seu caráter público e gratuito, que possui todas as condições necessárias para atender pacientes e profissionais de forma segura, com a devida utilização do certificado Digital ICP-Brasil, sistema fiscalizado pelo Estado em todo o território nacional.

Os formulários encontram-se disponíveis no site: prescricaoeletronica.cfm.org.br

 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner