Rede dos Conselhos de Medicina
Ações fortalecem o Brasil no combate à pandemia
Sex, 28 de Agosto de 2020 00:00

Ministério da Saúde já repassou para estados, municípios e Distrito Federal R$ 78,2 bilhões para fortalecer a rede pública de saúde no enfrentamento da Covid-19

O Ministério da Saúde vem dando apoio irrestrito aos estados e municípios na compra e entrega de equipamentos, habilitação de leitos de UTI exclusivos para o tratamento de pacientes com Covid-19. Até o momento, já foram repassados R$ 78,2 bilhões aos estados, municípios e o Distrito Federal. Desse total, R$ 52,8 bilhões foram para os serviços de rotina do SUS e outros R$ 25,9 bilhões para o combate à Covid-19.

Os recursos são liberados a partir da publicação de portarias no Diário Oficial da União (DOU). Dessa forma, a pasta tem repassado verbas extras e fortalecido a rede de atendimento do SUS - com envio de recursos humanos (médicos e profissionais de saúde); insumos; medicamentos; ventiladores pulmonares; testes de diagnóstico; habilitações de leitos de UTI para casos graves e gravíssimos, e Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para os profissionais de saúde.

Durante a coletiva de imprensa realizada nesta quinta-feira (27) pelo Ministério da Saúde - com o balanço das ações da semana no combate à Covid-19 -, o IBGE apresentou a primeira amostra da Pesquisa Nacional por Amostra de Domicílios - PNAD Covid-19. “Essa investigação é muito importante para traçarmos o perfil do que está acontecendo com o nosso país nesse momento e, assim, podermos traçar políticas públicas e de saúde para a pandemia”, destacou o secretário executivo do Ministério da Saúde, Elcio Franco. Veja aqui os resultados da PNAD Covid-19

Em relação às UTIs, já foram habilitados no país 12.166 leitos - dos 12.233 solicitados pelos estados e municípios - para o tratamento exclusivo de pacientes da Covid-19, sendo que 247 são de UTI pediátrica. O valor investido nessas habilitações pelo Governo do Brasil é de R$ 1,7 bilhão.

VENTILADORES PULMONARES
Como parte do apoio estratégico do Governo do Federal no atendimento a todos os estados e Distrito Federal, o Brasil conta com o reforço de 10.711 ventiladores pulmonares entregues pelo Ministério da Saúde para o auxílio no atendimento aos pacientes com Covid-19. A distribuição para os municípios e unidades de saúde é de responsabilidade de cada estado - conforme planejamento local.

As entregas levam em conta a capacidade instalada da rede de assistência em saúde pública - principalmente nos locais onde a transmissão se dá em maior velocidade. A aquisição destes equipamentos é de responsabilidade dos estados e municípios, mas, diante do cenário de emergência por conta da pandemia, o Ministério da Saúde utilizou o seu poder de compra em apoio aos gestores locais do SUS.

PROTEÇÃO INDIVIDUAL
O Ministério da Saúde distribuiu 255,4 milhões de Equipamentos de Proteção Individual (EPI) para garantir a proteção dos profissionais de saúde que atuam na linha de frente do enfrentamento à Covid-19 em todo o país. Entre os itens, estão máscaras, aventais, óculos, protetores faciais, toucas, sapatilhas, luvas e álcool. As entregas representam mais um entre diversos esforços do Governo do Brasil para auxiliar e reforçar as redes de saúde dos estados e municípios no combate à pandemia.

Ao todo, o Ministério da Saúde já entregou aos estados 564,3 mil litros de álcool; 3,1 milhões de aventais; 36,9 milhões de luvas; 18,2 milhões de máscaras N95; 176,8 milhões de máscaras cirúrgicas; 2,3 milhões de óculos e protetores faciais, e 17,2 milhões de toucas e sapatilhas. Os materiais foram entregues para as secretarias estaduais de Saúde, responsáveis por definir quais os serviços vão recebê-los a partir de um planejamento local.

PLATAFORMA LOCALIZASUS
A população pode acompanhar a quantidade de EPIs, medicamentos e ventiladores pulmonares distribuídos a cada estado pelo Localiza SUS, um painel on-line criado pelo Ministério da Saúde. Na plataforma também é possível acompanhar a quantidade de leitos habilitados, testes entregues e repasse de recursos para todos os estados e municípios. O objetivo é informar a população sobre tudo o que foi comprado, doado e distribuído para o enfrentamento da pandemia de Covid-19.

Fonte: Ministério da Saúde 

 
Banner
Banner
Banner
Banner
Banner